top of page

Como faz pra ser humano de novo?

Atualizado: 2 de jan.

Quer saber qual o pior dia da vida de um atleta? Pergunte a ele no dia seguinte à sua vitória. “Ah, mas isso não tem o menor sentido”. Vou te convencer que sim, se tiver paciência para ler esse artigo até o final.


Vivemos amores líquidos, corpos instagrameados e alta performance profissional e tudo isso tendo que acordar às 5h pra provar que temos controle total sobre a nossa vida, sobre o nosso tempo e sobre a nossa mente.


Não sei vocês, mas eu tenho andado bem cansada dessa hipocrisia.


Tenho sentido falta da época que fazia bolo de fubá com minha vó e esperava o bolo ficar pronto e depois esperava esfriar pra comer. Nesse tempo da espera, não tinha distração. Era o simples e genuíno prazer do ócio que fazia com que o degustar do bolo caseiro junto com minha família tivesse tanto significado. Estávamos ali presentes, juntos, compartilhando um momento. Sinto aquele cheiro saindo do forno quando teclo essas palavras de tão gravado que esse instalou-se na minha memória.


Saudosismo a parte, vamos falar do presente: tudo agora é meta! Não importa a que preço, o importante é atingir o objetivo, vencer, ser o primeiro. Mas e depois? E depois da vitória, vem o que?  Vem o dia seguinte. Lembram do que disse lá em cima sobre o dia mais triste de um atleta, por exemplo? Então...  Não há mais objeto de desejo a ser alcançado e se este for o único propósito a vida não tem sentido.


Obviamente, viver sem um norte fica difícil entender para onde vamos, mas mesmo assim, ter um plano não significa caçar exaustivamente a realização uma meta a todo custo, principalmente se este processo irá corromper seus valores pessoais.


Que relações estamos construindo hoje para nos recordarmos daqui a alguns anos? Que experiências estamos vivendo para contar nossa história amanhã? E a sua ÉTICA? O quanto você tem flexibilizado o que você acredita para ter sucesso?


Que me desculpem os super-humanos, mas eu só quero aprender e compartilhar. Bom pódio pra vocês heróis, mas se for assim, sigo esperando o meu bolo de fubá ficar pronto.


(Publicado no Linkedin em 23/07/19)







14 visualizações0 comentário

Komentáře

Hodnoceno 0 z 5 hvězdiček.
Zatím žádné hodnocení

Přidejte hodnocení
bottom of page